Ex-ministra da Justiça da Alemanha condena perseguição de Lula

“É escandalosa a atuação do Judiciário nas ações movidas contra Lula”, afirma ex-ministra da Justiça da Alemanha, Herta Daubler-Gmelin, que é advogada e professora da Universidade Livre de Berlim. A ex-ministra também lembrou que aqueles que pedem a condenação de Lula, mesmo sem provas, querem é tirá-lo da disputa eleitoral deste ano. “É justamente isso que os donos do poder no Brasil atual pretendem evitar por todos os meios, em associação com o conglomerado midiático Globo, que pauta a opinião pública” (leia aqui https://goo.gl/mNUxHT).

Em um debate público na Universidade Livre de Berlim, no ano passado, a ex-ministra já havia destacado que “no Brasil existem leis para combater a corrupção. Mas a transparência também é necessária para isso, além de uma imprensa independente, pluralista e controlada.” Ela lembrou que na Alemanha existem casos de corrupção e são tratados como “escândalos públicos” e são investigados e punidos, mas a “Justiça age com muito cuidado e de forma independente”. (leia aqui https://goo.gl/ZFoMGF). 

 

0
0
0
s2sdefault